Página Inicial


   
Siga a FEAMIG no Twitter   Acompanhe nossa página no facebook   Siga a FEAMIG no LinkedIn   Siga a FEAMIG no Instagram

Diminui o tamanho da letra Aumenta o tamanho da letra

Poltica de Preservao do Acervo

Para que o acervo esteja sempre em condição de uso local e empréstimo domiciliar, faz-se necessário o uso de uma Política de Preservação do Acervo, onde todo o material bibliográfico existente na biblioteca passa por vistorias e restaurações constantes, evitando assim seu desgaste e prolongando a vida útil do acervo. Através desta política e de campanhas de preservação do acervo, uma mudança gradativa de atitudes e hábitos por parte dos usuários poderá colaborar e muito para a preservação das coleções e retardar a necessidade da utilização de técnicas de restauração.
Uma política de preservação de conservação de acervos deve ser atuante, porém flexível, pois o excesso de regras pode inibir a visita dos usuários à biblioteca.

Não é possível pensar em uma biblioteca onde os materiais estejam em perfeitas condições de uso, mas que não é permitida a sua consulta. Pelo contrário, o uso adequado deve ser incentivado, considerando que também é função do bibliotecário treinar o usuário para utilizar adequadamente o acervo, sem provocar danos aos materiais. (GOMES, 1997, p. 17)

Objetivos
Estabelecer normas para orientar e conscientizar os usuários que frequentam a Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza, da Faculdade FEAMIG, divulgando e esclarecendo procedimentos necessários para a conservação preventiva do acervo.

Etapas da preservação e conservação
Além dos danos causados pelo uso diário e pelas ações humanas de vandalismo, os materiais de bibliotecas se deterioram mais rapidamente quando ficam expostos á luz solar, luminosidade, calor e umidade em excesso. O correto é mantê-los afastados de janelas e fontes de calor, mantendo o local ventilado e seco. A poeira também é grande inimiga das bibliotecas, portanto uma boa limpeza periódica é essencial para prolongar a vida útil dos materiais.

Monitoramento do ambiente
A degeneração acervo depende dos fatores internos como a qualidade do material utilizado na confecção dos livros, periódicos, DVDs, CDs, VHs, etc., e fatores externos, como a umidade, temperatura, luz, poluição, insetos, roedores, fungos e bactérias.

A temperatura e a umidade são fatores que contribuem para a deterioração do acervo. Deve-se manter a temperatura entre 19° a 23° centígrados e a umidade relativa do ar entre 50% e 60%.

Higienização
Refere-se à limpeza diária do espaço físico e semanal do material bibliográfico. A limpeza é uma tarefa básica e fundamental para aumentar a vida útil do acervo, diminuir a infestação por parte de roedores, insetos, fungos e bactérias. Uma limpeza mais profunda e específica de determinado material constante no acervo ficará a cargo de uma funcionária especializada.

Guarda do material bibliográfico
A guarda adequada do material bibliográfico prolonga a vida útil do acervo. Os materiais deverão ser guardados nas estantes de forma que sempre fiquem espaços vazios entre eles. Desta forma não acumula resíduos de poeira entre os livros, a higienização se torna mais fácil e o ar circula entre os volumes. Este procedimento também é válido para que o usuário não retire o livro pela parte de cima da lombada, e sim pelo meio do livro.

Acondicionamento de material específico
Trata-se da guarda de volumes dos periódicos em caixas box apropriadas, que tem a função de proteger o material e de manter sua integridade física. Trata-se também da guarda do material multimídia em armário fechado, seguro e protegido contra furto, umidade, poeira e calor excessivo.

Pequenos reparos
Destina-se à elaboração de ações simples, mas que prolongam a vida útil do acervo. Tais ações são colagem e remendos necessários para manter o acervo em bom estado para a circulação.

Encadernação
A encadernação é elemento importante na conservação do acervo. Através deste processo, o acervo que não estava em condições de uso, volta a circular. Por ser um procedimento que gera custos, a encadernação é feita em materiais que não estão em condições de empréstimo.

A Faculdade FEAMIG possui um departamento onde uma funcionária especializada deverá fazer os pequenos reparos e a encadernação dos materiais da biblioteca. Sempre que necessário a bibliotecária fará a retirada do material a ser encadernado e o encaminhará ao departamento de encadernação.

Recursos financeiros
Os recursos financeiros para a preservação e conservação do acervo são provenientes da verba anual que a biblioteca possui no orçamento elaborado pela faculdade e encaminhado á mantenedora.

Campanhas para preservação do acervo
Será feita pelos funcionários uma conscientização diária contra uso de alimentos e celulares dentro do ambiente da biblioteca. No decorrer do semestre letivo serão feitas junto aos usuários várias campanhas visando a preservação do acervo. Distribuição de folhetos com dicas de preservação, marcadores de livros como brindes, palestras, visitas orientadas à biblioteca são algumas das ações praticadas pela Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza visando minimizar as ações depredatórias dos usuários.

Márcia Portes
Bibliotecária da Faculdade FEAMIG
Agosto/2008
Atualizado em 07/03/2012


Voltar a página anterior

Acesso Área do Aluno
Acesso Área do Professor
Fale Conosco - Ouvidoria
Infraestrutura
Associação dos Ex-Alunos da FEAMIG
Webmail
Base GPS FEAMIG
Revista Parametrica
Periodicos Online
Escola Legal

   
Unidade Floresta
Rua Aquiles Lobo, 524 - Bairro Floresta
CEP 30150-160 - Belo Horizonte - MG


como chegar a Unidade Floresta da FEAMIG
Unidade Gameleira
Rua Gastão Bráulio dos Santos, 837
CEP 30510-120 - Belo Horizonte - MG
(31) 3372-3703

como chegar a Unidade Gameleira da FEAMIG
   

Copyright © 2004- - Todos os direitos reservados - FEAMIG

Desenvolvido por:  

BHY Tecnologias