Página Inicial


   
Siga a FEAMIG no Twitter   Acompanhe nossa página no facebook   Siga a FEAMIG no LinkedIn   Siga a FEAMIG no Instagram   Vlibras

Diminui o tamanho da letra Aumenta o tamanho da letra

PLANO DE CONTINGÊNCIA DA BIBLIOTECA PROF. BENEDICTO JOSÉ DE SOUZA

1 INTRODUÇÃO

O Plano de Contingência da Biblioteca Benedicto José de Souza da Faculdade FEAMIG é um documento elaborado em parceria com a bibliotecária, membros do NDE, os coordenadores de cursos e o coordenador geral de cursos. Este documento estabelece as ações que visam minimizar situações de emergência que por ventura venham a acontecer no âmbito da biblioteca, sendo que, tais ações devem ser efetuadas o mais breve possível, visando assim, o retorno à normalidade, evitando uma paralização prolongada dos serviços que possam gerar prejuízos aos seus usuários.

2 PERFIL DA FACULDADE FEAMIG

Criada em 1962 a Faculdade FEAMIG é mantida pelo Instituto Educacional Cândida de Souza – IECS. Integrando ensino, iniciação científica e extensão, propicia a seus alunos uma formação completa, solidificada nos conhecimentos científicos, tecnológicos, administrativos, humanísticos, éticos e sociais. Para tal, a FEAMIG possui programas de iniciação científica, monitorias, núcleo de estágios, orientação pedagógica, além das coordenações de curso e coordenação geral de cursos, que coordenam os trabalhos dos docentes e dão suportes aos alunos.

A FEAMIG é uma instituição de ensino superior que tem como finalidade a formação de profissionais com alto grau de excelência. Esse perfil, desenhado pela instituição e construído ao longo da sua história, está em permanente processo de avaliação e atualização, norteando toda a prática pedagógica na busca da satisfação, tanto da comunidade acadêmica, quanto na comunidade externa ao qual ela está inserida.

No decorrer do seu crescimento e maturidade, a FEAMIG passou por profundas mudanças administrativas e pedagógicas, imprescindíveis á melhoria da qualidade dos serviços oferecidos. As administrativas dizem respeito á reestruturação e ampliação do espaço físico para abrigar novos cursos, e as pedagógicas tratam da gestão do trabalho com o conhecimento, ensino e aprendizagem.

3 BIBLIOTECA PROF. BENEDICTO JOSÉ DE SOUZA

A Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza possui como missão Reunir, organizar, preservar e disseminar o conhecimento e as informações necessárias para o ensino de qualidade na Faculdade FEAMIG e tem por objetivo principal oferecer serviços de informação e conhecimento à comunidade acadêmica da FEAMIG. Para isso, possui dois tipos de atendimento: pessoalmente e através do site www.feamig.br. A biblioteca é utilizada por docentes, discentes, funcionários e comunidade externa, sendo que, a consulta ao catálogo do acervo no site é aberta ao público em geral.

A biblioteca está totalmente informatizada quanto ao sistema de gerenciamento, empréstimo, registro de informações do acervo bibliográfico. Utiliza o softwarepara gerenciamento de bibliotecas denominado Sistema TOTVS, Módulo Biblioteca, desenvolvido fora da instituição, rodando em rede, na base de dados SQL SERVER, ASP E DELPHI, gerenciando a biblioteca, controlando cadastro de usuários, reservas, empréstimos e devoluções do acervo, além de facilitar a recuperação da informação através de buscas por assunto, título e autor. O Módulo Biblioteca interage com os demais setores da FEAMIG.

Apesar de contar com um profissional bibliotecário e auxiliares de biblioteca no balcão de atendimento, o usuário tem livre acesso às estantes e liberdade de fazer sua pesquisa, pois o acervo está bem distribuído e organizado nas estantes de forma a agilizar a busca e facilitar a recuperação das informações.

Para a organização do acervo nas estantes, a biblioteca utiliza a CDU – Classificação Decimal Universal, classificação esta feita através de códigos numéricos que representam os assuntos contidos no documento, permitindo o armazenamento sistemático por assuntos, e a atribuição de código numérico que representa a notação do autor e título retirado da Tabela de Cutter-Sanborn.

A biblioteca está localizada no 3º andar do prédio da FEAMIG localizado na Rua Gastão Bráulio dos Santos, 837 - Gameleira - BH - MG CEP 30510-120. Seu horário de funcionamento é as segundas, quartas e sextas-feiras de 14h às 22h; terças e quintas-feiras de 8h às 12h e 14h às 22h e aos sábados das 8h às 12h. Telefone para contato: (31) 3372 - 3703 - Ramal 209. E-mail para contato: biblioteca@feamig.br

4 DESENVOLVIMENTO DO ACERVO

O desenvolvimento do acervo define-se como um conjunto de atividades que visam uma tomada de decisão sobre que materiais tanto físicoquanto virtualdeve-se adquirir, manter ou descartar. Apoia-se no uso de metodologias e dados estatísticos que mostram as necessidades e indicam as tendências de crescimento do acervo. Em consequência da grande quantidade de novos lançamentos, dos altos custos das novas aquisições e do melhor aproveitamento do espaço físico, a aquisição abrangente cedeu lugar à aquisição seletiva e ao uso de bancos de dados informatizados.

4.1 Objetivos

Estabelecer normas para a formação e desenvolvimento do acervo físico e virtual da Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza da Faculdade FEAMIG, auxiliando na elaboração de critérios para sua avaliação e renovação contratual, planejando e acompanhando o seu desenvolvimento, desde a seleção até o descarte.

5 FORMAÇÃO DO ACERVO FÍSICO

O acervo físico da Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza é composto por livros técnicos, científicos e de literatura, manuais, guias, dicionários, periódicos (revistas e jornais), anais de congressos, materiais especiais (CD´s, DVD´s e fitas VHS), postilas, folhetos, mapas, monografias, dissertações e teses. Todo esse material possui regra distinta para uso interno e empréstimo domiciliar. É organizado de modo a atender aos objetivos e ás demandas da FEAMIG, dos alunos e dos cursos por ela oferecidos, mantendo dessa forma, um padrão técnico de qualidade com abrangência e relevância.

Os assuntos dos materiais que compõem o acervo físico da biblioteca deverão ser selecionados e adquiridos conforme a demanda dos cursos oferecidos pela FEAMIG. É ampliado através de aquisições semestrais, para que desta forma, se mantenha atualizado, com qualidade e relevância atendendo a demanda dos cursos e seus usuários.

5.1 Avaliação do acervo físico

É feita para localizar falhas, furtos, possibilidades de substituições, duplicações, obsolescência, etc., com a finalidade de mantê-lo atualizado e equilibrado atendendo assim, as necessidades de seus usuários. Para isto é necessário:

  1. Fazer levantamento do acervo através de inventário semestral;
  2. Registrar o material existente;
  3. Fazer estatística diária quanto ao uso do material e dos serviços da biblioteca;
  4. Estar em contato permanente com o usuário para identificar tendências e expectativas.

5.2 Descarte do acervo físico

O processo de descarte consiste em separar materiais que após avaliação sejam considerados desnecessários para a coleção. É feito semestralmente, visando:

  1. Adequar a coleção aos interesses dos usuários;
  2. Evitar o crescimento desordenado do acervo;
  3. Evitar a guarda de obras muito danificadas, obsoletas e inadequadas;
  4. Evitar desperdícios de recursos humanos e financeiros;
  5. Aumentar o espaço para crescimento do acervo corrente;
  6. Evitar a guarda de periódicos de divulgação e interesse temporário.

6 PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA O ACERVO FÍSICO

Diz respeito às diretrizes a serem seguidas para que o acervo cresça sempre com o objetivo de atender as necessidades dos cursos oferecidos e as normas do MEC.

6.1 Produção intelectual da Faculdade FEAMIG

Para a formação e desenvolvimento da memória da produção científica da instituição, o corpo docente, discente e funcionários deverão fornecer à biblioteca cópias de exemplares dos produtos de sua autoria, como monografias, dissertações, teses e artigos, assegurando o controle bibliográfico e facilitando o acesso físico à informação.

6.2 Recursos financeiros e aquisição do acervo físico

Os recursos financeiros para aquisição e manutenção do acervo bibliográfico são provenientes de orçamento semestral disponibilizado pela mantenedora, que providencia as aquisições mediante solicitação do profissional bibliotecário, discentes, docentes e coordenadores de cursos, após aprovação final da coordenação geral de cursos. A compra será executada pelo setor de compras da instituição mantenedora, através de lista fornecida após consenso entre a biblioteca e coordenação geral de cursos. O profissional bibliotecário deverá acompanhar o andamento do processo de aquisição do material informacional.

6.3 Seleção e critérios básicos de seleção para o acervo físico

A seleção e o desenvolvimento do acervo são de responsabilidade da coordenação geral de cursos e do profissional bibliotecário promovendo assim, equilíbrio e consistência do mesmo, pois estes possuem conhecimento global do acervo e da comunidade acadêmica. O profissional bibliotecário atua em conjunto com a coordenação geral de cursos como intermediários entre os usuários da biblioteca para:

  1. Atualizar a política de seleção e descarte do material informacional;
  2. Analisar os pedidos de compra, estabelecendo prioridades;
  3. Aprovar ou não a incorporação ao acervo do material doado ou permutado;
  4. Preparar lista para as novas aquisições do acervo.

Os critérios básicos de seleção são definidos de forma a nortear com objetividade a aquisição e a incorporação de material bibliográfico doado ou permutado, priorizando os assuntos das áreas relacionadas ao currículo acadêmico. São utilizados os seguintes critérios para a seleção:

  1. Qualidade do conteúdo e custo justificável;
  2. Adequação ao currículo acadêmico;
  3. Presença do conteúdo na grade curricular;
  4. Adequação às orientações do MEC – Ministério da Educação e Cultura, quanto à quantidade de exemplares a serem comprados de acordo com o número de usuários;
  5. Demanda comprovada;
  6. Acessibilidade ao idioma;
  7. Atualidade da obra;
  8. Descarte e não aceitação de material xerocopiado;
  9. Conveniência do formato e compatibilização com os equipamentos existentes na biblioteca;
  10. Áreas de abrangência do título a ser adquirido;
  11. Condições físicas e pertinência com relação ao acervo, da obra permutada ou doada;
  12. Solicitações de professores para mudança de bibliografia básica ou complementar.

6.4 Duplicação de títulos do acervo físico

A duplicação de títulos deve ser determinada pela demanda de cada item em particular, levando-se em consideração se a demanda é transitória, para não duplicar títulos irrelevantes. Além disso, devem ser seguidas as orientações do MEC referentes à quantidade adequada de exemplar por número de alunos matriculados.

6.5 Doações e permutas do acervo físico

A solicitação de doações e permutas de interesse para a biblioteca deve ser incentivada. Os materiais doados sem solicitação serão submetidos aos critérios de seleção, devendo o doador ser informado que o material poderá ou não ser incorporado ao acervo. A biblioteca poderá incorporar ao acervo o material doado ou permutado, repassá-lo ou descartá-lo, de acordo com sua decisão. Não são aceitas doações ou permutas de obras xerocopiadas.

6.6 Acesso e segurança do acervo físico

Ao entrar na biblioteca, o usuário deverá deixar pastas, fichários, bolsas, sacolas e embrulhos nos escaninhos, para isso, é preciso solicitar a chave no balcão de atendimento. Não é permitido o uso de celulares, aparelhos de som e similares no recinto, bem como fumar, comer, beber, fazer reuniões e falar alto. A biblioteca possui também câmeras de

7 FORMAÇÃO DO ACERVO VIRTUAL

A Faculdade FEAMIG possui contrato com a Biblioteca Virtual SAGAH – Soluções Educacionais Integradas, pertencente ao Grupo A, empresa que reúne um grande portfólio de negócios voltados para o universo da educação, integrando conteúdo, tecnologia e serviços e com a Biblioteca Virtual Minha Biblioteca, que é um consórcio formado pelas quatro principais editoras de livros acadêmicos do Brasil – Grupo A, Grupo Gen-Atlas, Manole e Saraiva - que oferece às instituições de ensino superior uma plataforma prática e inovadora para acesso a um conteúdo técnico e científico de qualidade pela internet.O catálogo do acervo físico também está disponível ao usuário de forma on lineatravés do siteda faculdade www.feamig.brno linkBiblioteca.

7.1 Forma de acesso ao acervo virtual

No sitewww.feamig.brno linkBiblioteca, sublinkBiblioteca Virtual, o aluno tem livre acesso aos conteúdos das bibliotecas virtuais SAGAHe Minha Biblioteca, podendo pesquisar por título ou autor e navegar pelo livro inteiro. Permitindo assim, que os alunos da FEAMIG tenham acesso ininterrupto, 24 horas por dia, 7 dias da semana, via Internet, a uma considerável quantidade de livros virtuais.

7.2 Avaliação do acervo virtual

Será feito semestralmente, um levantamento estatístico de acessos às bibliotecas virtuais para localizar falhas, possibilidades de substituições e obsolescência, a fim de manter o conteúdo nelas inseridos atualizado e equilibrado atendendo assim, as necessidades de seus usuários.

8 PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA ACESSO AO ACERVO VIRTUAL

Apesar de os usuários da biblioteca possuir computadores com acesso à internet para consultas ao acervo virtual, cada usuário possui uma senha própria para acesso ilimitado através de internet wi fidentro de todo o espaço da FEAMIG. O prédio onde está instalado a FEAMIG possui gerador próprio, garantindo com isso, acesso ininterrupto aos serviços da biblioteca, mesmo que falte energia no seu entorno.

Além da Biblioteca Virtual SAGAH e Minha Biblioteca, da base de dados do Sistema TOTVS, que disponibiliza o acervo da biblioteca, existe no siteda FEAMIG listagem com várias sugestões de bases de dados e periódicos gratuitos que os usuários são instruídos a pesquisarem.

8.1 Recursos financeiros e aquisição do acervo virtual

Os recursos financeiros para aquisição e manutenção do acervo virtual são provenientes de orçamento semestral disponibilizado pela mantenedora. Os contratos com as bibliotecas virtuais SAGAH e Minha Biblioteca têm a duração de 1 (um) ano, sendo renovados 1 (um) mês antes do período de término do contrato, garantindo assim, continuidade dos serviços oferecidos e permitindo que os alunos não fiquem sem acesso ao acervo virtual.

9 ATUALIZAÇÃO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS

A Biblioteca Benedicto José de Souza da Faculdade FEAMIG está totalmente informatizada quanto ao sistema de gerenciamento, empréstimo, registro de informações do acervo bibliográfico. Utiliza o softwarepara gerenciamento de bibliotecas denominado Sistema TOTVS, desenvolvido fora da instituição, rodando em rede, na base de dados SQL SERVER, ASP E DELPHI, gerenciando a biblioteca, controlando cadastro de usuários, reservas, empréstimos e devoluções do acervo, além de facilitar a recuperação da informação por diversos modos de busca, como por assunto, título e autor. O Módulo Biblioteca, através do Sistema TOTVS, está integrado com todos os demais módulos dos outros setores da FEAMIG: acadêmico, administrativo, secretaria e financeiro, permitindo assim, uma maior interação.

9.1 Critérios gerais

A biblioteca conta com computadores para que seus funcionários possam efetuar o serviço de atendimento ao usuário como empréstimos, devoluções e pesquisas e também para que o profissional bibliotecário possa efetuar processamento técnico do acervo. Possui também computadores para que os usuários possam acessar o acervo da biblioteca disponibilizadono banco de dados do Sistema TOVTS, onde o aluno pode realizar consultas, fazer renovações e reservas. O usuário pode ainda acessar aBiblioteca Virtual SAGAHe a Biblioteca Virtual Minha Biblioteca.

10 PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA ATUALIZAÇÃO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS

Existe umaPolítica de Atualização Tecnológica,onde é feita, sempre que necessário, a atualização do softwaree dos equipamentos utilizados pela biblioteca, de forma a mantê-los sempre condizentes com as necessidades e objetivos dos serviços informacionais oferecidos para atendimento ao usuário e auxílio aos serviços administrativos da biblioteca.

A cada renovação dos contratos com as empresas que gerenciam as bibliotecas virtuais SAGAH e Minha Biblioteca, será feita uma pesquisa de mercado para saber se tais bibliotecas estão atualizadas, pertinentes e condizentes com o perfil dos cursos oferecidos pela FEAMIG.

Para auxiliar essa decisão será feito semestralmente, um levantamento estatístico de acessos às bibliotecas virtuais para localizar falhas, obsolescência e possibilidades de substituição das bibliotecas virtuais contratadas.

Ainda como medida de segurança, o prédio onde está instalado a FEAMIG possui gerador próprio, garantindo com isso, acesso ininterrupto aos serviços da biblioteca, mesmo que falte energia no seu entorno.

11 PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO ACERVO

Além do desgaste natural devido ao material utilizado para a confecção dos acervos, os maus hábitos dos usuários, que, com frequência escrevem, grifam, rasgam, recortam e manuseiam o acervo com as mãos sujas, molhadas ou engorduradas, são os maiores responsáveis pela deterioração de um acervo. Porém, através de uma política atuante e de campanhas de preservação do acervo, uma mudança gradativa de atitude e hábitos por parte dos usuários poderá contribuir muito para a preservação das coleções e retardar a necessidade da utilização de técnicas e métodos de restauração que são muito mais caros.

11.1 Objetivos

Estabelecer normas para preservar e conservar o acervo, além de orientar e conscientizar os usuários que frequentam a Biblioteca Prof. Benedicto José de Souzada Faculdade FEAMIG, divulgando e esclarecendo os procedimentos necessários para a conservação preventiva do acervo, evitando assim, o desgaste das coleções e a diminuição da sua vida útil.

12 PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO ACERVO

Além dos danos causados pelo uso diário, má utilização e pelas ações humanas de vandalismo, os materiais de bibliotecas se deterioram mais rapidamente quando são mal acondicionados, ficando expostos diretamente á luz solar, luminosidade, calor, umidade em excesso e superlotação das estantes. O correto é mantê-los afastados de janelas e fontes de calor, mantendo o local ventilado e seco. A poeira também é grande inimiga das bibliotecas, portanto, uma boa limpeza periódica é essencial para prolongar a vida útil dos materiais.

Constantemente é feita pelos funcionários, campanhas de conscientização contra uso de alimentos e celulares dentro do ambiente da biblioteca. No decorrer do semestre letivo são feitas junto aos usuários várias campanhas visando a preservação do acervo. Distribuição de folhetos com dicas de preservação, marcadores de livros como brindes, visitas orientadas dos calouros à biblioteca são algumas das ações praticadas pela Biblioteca Prof. Benedicto José de Souzavisando minimizar as ações depredatórias dos usuários.

Através do seu Plano de Contingência a Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza da FEAMIG define as metas a serem atingidas e o acompanhamento dos processos e atividades técnicas a serem desenvolvidas para a preservação e conservação do acervo através de monitoramento do ambiente, higienização, guarda adequada do material, acondicionamento e pequenos reparos e restauração.

12.1 Monitoramento do ambiente e higienização

A biblioteca possui porta de entrada e saída composta por duas partes, do modelo “corta fogo”, amplas janelas com película protetora contra raios de sol em todos os vidros, permitindo uma ventilação e claridade natural, piso claro e antiderrapante, mobiliário claro e luzes frias, afim de não escurecer e não aquecer o ambiente. Possui também câmeras de monitoramento, escaninhos para guarda do material dos usuários e vigilância constante por parte dos funcionários afim de que os usuários não entrem com nenhum tipo de comida ou bebida, evitando assim, danos ao acervo e infestação de roedores.

Diariamente é feita a limpeza de todo o espaço físico da Biblioteca Prof. Benedicto José de Souza e uma vez por mês a limpeza das estantes e do acervo contido nelas. Semestralmente é feita uma limpeza pesada em todo o espaço, inclusive dedetização para evitar ataque de traças, baratas e roedores. Uma limpeza específica de determinado material constante no acervo fica a cargo de uma funcionária especializada.

12.2 Guarda do material bibliográfico e acondicionamento

Os materiais são guardados nas estantes de forma que sempre fiquem espaços vazios entre eles. Desta forma não acumula resíduos de poeira entre os livros, a higienização se torna mais fácil e o ar circula entre os volumes. Este procedimento também é válido para que o usuário não retire o livro pela parte de cima da lombada, e sim pelo meio do livro. Os periódicos são acondicionados em caixas boxapropriadas, que têm a função de proteger o material e de manter sua integridade física. O material multimídia é alocado em armário de aço fechado, seguro e protegido contra furto, umidade, poeira e calor excessivo.

12.3 Pequenos reparos e restauração

Trata de pequenos reparos para manter o acervo em bom estado para a circulação e não permitir que o material fique muito tempo parado, evitando assim, que o usuário fique em lista de reserva. Através deste processo, o acervo que não estava em condições de uso, volta a circular. Por ser um procedimento que gera custos, a restauração é feita apenas em materiais que não estão em condições de empréstimo. Sempre que necessário os funcionários da biblioteca fazem a retirada do material a ser restaurado e o encaminha para o setor competente.

12.4 Recursos financeiros para preservação e conservação do acervo

Os recursos financeiros para a preservação e conservação do acervo da Biblioteca Prof. Benedicto José de Souzasão provenientes de verba da sua entidade mantenedora.

13 USUÁRIOS DA BIBLIOTECA

São considerados usuários da biblioteca, alunos regularmente matriculados nos cursos que a FEAMIG oferece, ex-alunos, comunidade externa, funcionários, professores (durante a validade do contrato) e usuários de outras bibliotecas que participam do convênio de Empréstimos entre Bibliotecas.

13. 1 Serviços oferecidos aos usuários da biblioteca

Os serviços de empréstimos, devoluções, reservas, consultas e pesquisas bibliográficas prestados aos usuários são feitos através do Módulo Biblioteca do Sistema TOTVS. Todos os serviços oferecidos são:

  1. Empréstimo domiciliar;
  2. Empréstimo entre bibliotecas;
  3. Empréstimos de férias;
  4. Consulta local;
  5. Consulta á Biblioteca virtual SAGAH;
  6. Consulta á Biblioteca virtual Minha Biblioteca;
  7. Assistência ao usuário na utilização de normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas - para normalização de trabalhos acadêmicos;
  8. Levantamentos bibliográficos: listagem de referências bibliográficas sobre assuntos específicos nas áreas desejadas, de acordo com solicitação prévia;
  9. Alerta: divulgação dos últimos periódicos recebidos pela biblioteca;
  10. Videoteca: coleção de vídeos da biblioteca;
  11. CDteca: coleção de CDs e DVD´s da biblioteca;
  12. Exposição das novas aquisições;
  13. Consulta interna ao catálogo impresso das obras do acervo;
  14. Consulta interna ao Regulamento interno da biblioteca;
  15. Consulta interna ao Regimento interno da Faculdade FEAMIG;
  16. Consulta interna aos Projetos pedagógicos dos cursos oferecidos pela Faculdade FEAMIG;
  17. Consulta interna ao PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional da Faculdade FEAMIG.

13.2 Prazos de empréstimos

  1. Empréstimo domiciliar para alunos e funcionários: 07 dias corridos;
  2. Empréstimo domiciliar para professores: 30 dias corridos;
  3. Empréstimo especial (Obras de referência e Coleção de reserva): 02 horas
  4. Empréstimo de material multimídia: 03 dias;
  5. Empréstimo de férias: conforme calendário divulgado semestralmente.

13.3 Limite de obras

  1. Empréstimo domiciliar para alunos e funcionários: 03 obras, incluindo 01 material multimídia;
  2. Empréstimo domiciliar para professores: 05 obras, incluindo 01 material multimídia;
  3. Empréstimo de férias: não altera o limite de obras e sim o prazo do empréstimo.

14 PLANO DE CONTINGÊNCIA PARA USUÁRIOS

No aspecto acervo físico, para retirada de material para empréstimo domiciliar, os alunos deverão apresentar a carteira de identificação da FEAMIG ou um documento de identificação com foto. Os ex-alunos e usuários da comunidade externa só poderão utilizar o acervo para consulta local, no horário de 8 ás 18 horas, evitando dessa forma, extravio de itens do acervo e tumulto dentro da biblioteca no período noturno, período em que a biblioteca é mais utilizada pelos alunos.

Apesar de os serviços de empréstimos, devoluções, reservas, consultas e pesquisas bibliográficasserem todos informatizados, a biblioteca possui formulário próprio para que seja feito o empréstimo manual, caso o Módulo Biblioteca dê uma pane e saia do ar, minimizando assim, a perda do usuário. Possui em formato Word, catálogos dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), dissertações e material multimídia. Possui também, uma relação impressa de todo o acervo, que é atualizada semestralmente, após a inserção dos novos títulos adquiridos.

A biblioteca possui piso antiderrapante para evitar quedas, estantes afastadas entre si por um corredor de 1, 50 cm e contornáveis para facilitar o acesso de pessoas com mobilidade reduzida, porta de entrada e saída composta por duas partes, do modelo “corta fogo” e, gerador próprio, garantindo com isso, acesso ininterrupto aos serviços da biblioteca, mesmo que falte energia no seu entorno.

No que diz respeito ao acervo das bibliotecas virtuais, dentro da biblioteca o aluno regularmente matriculado possui acesso livre. Outros usuários não têm permissão para uso.

14.1 Devoluções e penalidades

As obras deverão ser devolvidas dentro do prazo do empréstimo. Após este prazo, o usuário será penalizado com dias de suspensão conforme as Regras de penalidadesdivulgadas na biblioteca. Essa ação é determinante para que o acervo tenha maior rotatividade e todos os usuários possam usufruir do seu conteúdo.

15 CONCLUSÃO

O Plano de Contingência da Biblioteca Benedicto José de Souzada FEAMIG foi elaborado no intuito de controlar situações de emergência, minimizando as possíveis perdas. A equipe que o elaborou tentou colocar em um só documento as ações para que essas possíveis perdas sejam reparadas com a maior brevidade, sem prejudicar a rotina dos usuários e dos serviços bibliotecários. É um documento em construção e constante atualização que tem por objetivo garantir a continuidade do funcionamento da biblioteca.
Márcia Portes
Bibliotecária da Faculdade FEAMIG
Setembro de 2018


Voltar a página anterior


Escola Legal





   
Unidade Floresta
Rua Aquiles Lobo, 524 - Bairro Floresta
CEP 30150-160 - Belo Horizonte - MG


como chegar a Unidade Floresta da FEAMIG
Unidade Gameleira
Rua Gastão Bráulio dos Santos, 837
CEP 30510-120 - Belo Horizonte - MG
(31) 3372-3703

como chegar a Unidade Gameleira da FEAMIG
   

Copyright © 2004- - Todos os direitos reservados - FEAMIG

BHY Tecnologias